Comitiva do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON) realiza visita ao Comando Militar do Oeste entre os dias 4 e 8 de outubro. Os principais objetivos da atividade foram conhecer o estágio atual de implantação do Prg EE SISFRON no CMO e identificar as principais demandas para a expansão do Prg EE SISFRON para a fase 2 do programa: 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira (18ª Bda Inf Fron), em Corumbá-MS e 13ª Brigada de Infantaria Motorizada (13ª Bda Inf Mtz), em Cuiabá.

Foram visitadas as seguintes organizações militares: o Centro de Coordenação e Operações do Comando do CMO, o 6º Batalhão de Inteligência Militar (6º BIM), o 9º Batalhão de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (9º BComGE), o Comando da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (4ª Bda C Mec) e o 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado (11º RCMec).

A comitiva pôde verificar a complexidade, a especificidade, a integração e a importância do programa SISFRON para o Estado Brasileiro e para a Força Terrestre, além de orientar sobre sobre a gestão e as questões orçamentárias. A comitiva também constatou que o SISFRON funciona como um efetivo instrumento de integração regional; é uma excelente ferramenta de cooperação militar com as Forças Armadas vizinhas; possibilita maior presença do Estado na faixa de fronteira oeste; permite maior integração entre órgãos do governo federal e estadual, assim como aumentaram as possibilidades de cooperação e parcerias estratégicas com os órgãos de segurança pública e fiscalização (OSPF), comunidades acadêmicas e iniciativa privada; é indutor de inovação, ciência e tecnologia e fomento industrial; é reconhecido como o programa de maior apelo para os cidadãos brasileiros; e melhora a prontidão operativa das tropas do CMO e eleva a capacidade de dissuasão na faixa de fronteira oeste.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Participantes

Integraram a comitiva o 6º Subchefe do Estado-Maior do Exército, General de Divisão João Alberto Redondo Santana; o 2º Subchefe do Estado-Maior do Exército, General de Brigada Jomar Barros de Andrade; o Chefe do Escritório de Projetos do Exército, General de Brigada Marcus Alexandre Fernandes de Araujo; o Gerente do Programa Estratégico do Exército Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras, General de Brigada da Reserva Remunerada Sergio Luiz Goulart Duarte; e o Supervisor do Prg EE SISFRON,  Coronel Jetson Turquiello Machado da Silva.

Fonte: epex
Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).