Mais dois postos de vacinação são abertos em unidades militares

blank

Por Mariana Alvarenga, com informações do Comando Conjunto Norte

Nesta segunda-feira (19), mais dois postos de vacinação foram abertos em organizações militares para contribuir no esforço de imunização. Os novos locais, na capital paraense, ficam no Clube dos Oficiais da Aeronáutica da Guarnição de Belém e na Unidade Materno Infantil do Hospital Naval de Belém.

As duas unidades funcionam de 09h às 17h. No Clube, o sistema de atendimento será para pessoas a pé, sendo que há oferta de estacionamento no local. Na Unidade Materno Infantil, a vacinação será tanto no sistema drive thru quanto para quem chegar a pé. Toda a logística, que incluiu montagem da estrutura, balizamento e triagem, foi feita por militares capacitados do Comando Conjunto Norte.

A ação ocorre em apoio à Secretaria Municipal de Saúde de Belém, que disponibiliza outros 20 pontos de vacinação. Para receber o imunizante, a pessoa deve ter, em mãos, comprovante de residência, documento de identificação e, caso possua, a carteira do Sistema Único de Saúde. Quem for tomar a segunda dose deve levar, também, o cartão de vacinação.

No Rio de Janeiro, três postos de vacinação estão em funcionamento nas seguintes localidades: no Museu Militar Conde de Linhares, em São Cristóvão; em frente ao Palácio Duque de Caxias, na região da Central do Brasil; e na Vila Militar no Centro de Atendimento de Deodoro. Todos sob coordenação do Comando Conjunto Leste.

20210419_vacinação2.jpg

Em outra ação, no âmbito da Operação Covid-19, militares do Comando Militar do Sudeste transportaram 28 toneladas de alimentos para aldeias indígenas Tenonde Porã e Krukutu, da região metropolitana de São Paulo.

Operação Covid-19
O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao novo coronavírus. Por meio da Diretriz Ministerial de Execução nº 07/2020, foram ativados 10 Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento.

Fotos: divulgação

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui