Rosário do Sul (RS) – A 6ª Brigada de Infantaria Blindada (6ª Bda Inf Bld) mobilizou cerca de 1.200 militares e 250 viaturas sobre rodas e sobre lagartas, com a finalidade de certificar as frações que compõem a Força de Prontidão da Brigada (FORPRON) no período de 8 a 18 de agosto. As atividades transcorreram no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul, também conhecido como Saicã, onde houve o aprestamento da tropa e o desdobramento no terreno de uma força-tarefa blindada. A 6ª Brigada de Infantaria Blindada é a primeira grande unidade certificada como Força de Prontidão (FORPRON) no estado do Rio Grande do Sul.

Na primeira fase, foi realizada a simulação virtual e, em seguida, a simulação construtiva, também conhecida como “jogos de guerra”. O objetivo foi adestrar os estados-maiores do comando da brigada e de suas organizações militares subordinadas, para simulação de operações de combate, apoio ao combate e apoio logístico.

Para a simulação viva, última fase da Certificação, a FORPRON da 6ª Bda Inf Bld foi desdobrada no terreno, composta por dois Esquadrões de Carros de Combate, uma Companhia de Fuzileiros Blindada, Bateria de Obuses M109 A5+BR Autopropulsados, Seção Antiaérea Blindada Gepard, Companhia de Engenharia de Combate Blindada, Pelotão de Comunicações, Destacamento Logístico, Companhia de Comando e Pelotão de Polícia do Exército.

Nessa fase, a Força-Tarefa da 1º Regimento de Carros de Combate (FT 1º RCC) executou diversas ações táticas de caráter ofensivo, tais como: marcha para o combate, ataque, aproveitamento do êxito e perseguição, além de tiro tático com armamentos de diversos calibres.

Após a execução, com êxito, de todas as etapas da certificação exigida pelo COTER, a 6ª Bda Inf Bld passa a permanecer em situação de prontidão operacional. A atividade foi apoiada pelo Centro de Adestramento Sul (CA-Sul) e acompanhada pela 3ª Divisão de Exército e pelo Comando de Operações Terrestres (COTER).

Fonte: 6ª Brigada de Infantaria Blindada
Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui