Militares do 2º Pelotão Especial de Fronteira / Fortuna atuaram de forma decisiva no combate a um incêndio florestal na Terra Indígena Portal do Encantado, no Mato Grosso. A operação começou em 12 de novembro, após um pedido de ajuda de indígenas da etnia Chiquitanos. A equipe do Pelotão, prontamente mobilizada, dirigiu-se à área afetada para iniciar os trabalhos de combate às chamas.

Esforços Conjuntos para Controlar o Fogo

A batalha contra o incêndio envolveu um esforço conjunto entre indígenas e militares do Exército, utilizando equipamentos como abafadores, sopradores e bombas d’água. Apesar das adversidades, como a vegetação seca devido à estiagem e as altas temperaturas, os trabalhos continuaram ininterruptamente, inclusive durante a madrugada.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Chegada do Corpo de Bombeiros e Extinção do Fogo

No dia 13 de novembro, o Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso chegou ao local, intensificando as ações de combate ao incêndio, que foi finalmente controlado no dia 14. Durante a operação, os militares também atuaram no socorro a 8 indígenas, garantindo a segurança de todos os moradores da terra.

Terra Indígena Portal do Encantado

Localizada na faixa de fronteira do Mato Grosso, a Terra Índigena Portal do Encantado abrange 43 mil hectares e é lar de 1.046 indígenas da etnia Chiquitano. Situada próxima aos municípios de Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade, a região é de importância ecológica e cultural significativa.

Reconhecimento da Liderança Indígena

O Cacique Vitor, líder da aldeia central, e sua esposa expressaram profunda gratidão pela rápida e eficaz atuação do Exército Brasileiro, que foi fundamental para garantir a segurança dos moradores da terra indígena.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).