Alunos do Colégio Cívico Militar “Batalha do Riachuelo” a bordo do NHo “Cruzeiro do Sul”

O Navio Hidroceanográfico (NHo) “Cruzeiro do Sul”, conhecido como “Leão dos Mares”, atracou no Porto de Mucuripe, em Fortaleza (CE), com o propósito de aumentar a percepção da sociedade sobre a importância das atividades desenvolvidas pela Marinha do Brasil (MB). No dia 25 de março, o navio recebeu a visita de alunos e professores de escolas cearenses, integrantes das instituições de ensino, familiares de militares da Força Aérea Brasileira e da Polícia Militar do Estado do Ceará, do Grupo de Escoteiros do Mar Marcílio Dias, adolescentes do Abrigo Lar Davis e membros da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar-CE). Ao todo, 345 pessoas tiveram a oportunidade de conhecer de perto o navio e um pouco da rotina de bordo dos militares.

Visitantes entusiasmados

Alunos do 7° ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio, do Colégio Cívico-Militar “Batalha do Riachuelo”, estiveram entre os visitantes e se mostraram entusiasmados com o passeio. Renata Amaral Madeiro Sampaio, ex-militar temporária na MB por cerca de oito anos e atual Comandante do Colégio, acompanhou o grupo durante a visitação. Ela destacou que a visita é uma oportunidade única para as crianças e jovens conhecerem um navio da Marinha e vivenciarem um pouco da rotina dos militares a bordo.

A importância dos valores aprendidos

Renata ressaltou que os exemplos e ensinamentos absorvidos durante o período em que serviu à Força estão sendo aplicados no dia a dia do seu trabalho no colégio. “Como diz o ditado, a gente sai da Marinha, mas a Marinha jamais vai sair da gente. Os valores apreendidos continuarão enraizados em minha mente e coração. Então, é sempre uma honra e alegria poder participar de eventos da Marinha e divulgar as suas tradições”, afirmou.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Missão do NHo “Cruzeiro do Sul” e futuro

Desde fevereiro, o NHo “Cruzeiro do Sul” realiza comissão de pesquisa em apoio ao Plano de Levantamento da Plataforma Continental Brasileira (LEPLAC), um programa que tem o propósito de determinar a área marítima, além do limite de 200 milhas náuticas, na qual o Brasil pode exercer direitos de soberania para a exploração dos recursos naturais do leito e do subsolo marinho. Após a passagem por Fortaleza, a próxima parada do navio será no Porto de Natal (RN), no início do próximo mês. A previsão é que o navio retorne à Base, em Niterói, no dia 20 de abril.

Ao promover a visitação ao navio “Cruzeiro do Sul”, a Marinha do Brasil aproxima-se da sociedade e demonstra sua relevância no cenário nacional. Essas iniciativas fortalecem o sentimento de pertencimento e valorizam o trabalho

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).