No âmbito da Operação Covid-19, coordenada pelo Ministério da Defesa, as Forças Armadas transferiram sete pacientes de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, para Porto Velho, Rondônia. Uma aeronave C-105 da Força Aérea Brasileira (FAB) foi utilizada para o trajeto, que foi realizado nesta sexta-feira (04).

A ação ocorreu a partir de solicitação do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Os pacientes, que estavam internados em unidades de saúde de Dourados-MS, foram transferidos, por meio da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, em ambulâncias do tipo UTI móvel até a capital sul-mato-grossense.

Na Ala 5, em Campo Grande, acompanhados de médicos e de enfermeiros da Secretaria de Saúde, os pacientes foram embarcados na aeronave C-105. Uma equipe médica da FAB esteve presente no momento da acomodação dos pacientes no avião. A decolagem ocorreu às 15h30 com previsão de chegada a Rondônia às 18h30 (horário de Brasília).

WhatsApp Image 2021-06-04 at 15.31.43.jpeg

Desde o início da Operação COVID-19, as Forças Armadas realizaram o transporte aéreo de aproximadamente 880 pacientes, em apoio as Secretarias Estaduais de Saúde.

Com informações do Centro de Operações Conjuntas 
Fotos: Divulgação/ Forças Armadas 

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui