Google News

O Pentágono concedeu na segunda-feira (13) à Blue Origin, empresa aeroespacial fundada por Jeff Bezos, um contrato de 2,5 milhões de dólares para projetar uma espaçonave movida a energia nuclear.

A agência de pesquisas do exército dos Estados Unidos (DARPA), do Pentágono, também escolheu a Lockheed Martin e a General Atomics para a primeira fase de um programa de 18 meses que deve resultar na construção da espaçonave, disse a agência americana em comunicado. 

No caso da Lockheed Martin, o contrato foi de 2,9 milhões de dólares para projetar a nave a DRACO, que fará lançamentos até à Lua; e a General Atomics, recebeu 22,2 milhões de dólares para projetar um pequeno reator nuclear para alimentar um foguete.

A DARPA quer testar a tecnologia de propulsão térmica nuclear, que usa um reator nuclear em um foguete para aquecer o combustível e impulsionar a nave além da órbita baixa da Terra.

A nova empreitada da Blue Origin pode ser encarada como resultado da dedicação exclusiva do ex-CEO da Amazon. Depois de deixar o comando da varejista no início do ano, Bezos tem focado em expandir os negócios da Blue Origin que, além da SpaceX, encara a entrada de concorrentes vindos da Ásia e Europa.

Fonte: Exame

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui