Na manhã de sexta-feira (26), o Chefe de Educação e Cultura do Estado Maior-Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), General de Exército Flavio Marcus Lancia Barbosa, visitou a Escola Superior de Defesa (ESD) para conhecer a instituição e os trabalhos realizados. Durante a visita, o General ministrou a palestra “Consolidando a interoperabilidade entre as Forças Armadas” para o efetivo da ESD e explorou as instalações da Escola.

2635f980 6921 406e 9895 5cefbd8b2af0

Em sua explanação, o General Barbosa abordou a Estratégia Nacional de Defesa (END), com foco em seu sexto objetivo, que visa “ampliar o envolvimento da sociedade brasileira nos assuntos de Defesa Nacional”. Ele apresentou a estrutura da Chefia de Educação e Cultura (CHEC) dentro do Ministério da Defesa, bem como a missão e visão da CHEC, e revelou algumas das atividades planejadas para o ano de 2023.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

De acordo com o General, é fundamental compreender os processos e rotinas das organizações. “É um prazer estar aqui e apresentar as ideias da CHEC. Nosso objetivo é promover estudos de Defesa e capacitar líderes civis e militares. Para isso, precisamos estar alinhados para buscar melhores oportunidades para apoiar a Escola”, explicou.

O General Lancia enfatizou a relevância do incentivo à pesquisa e da otimização de conteúdos educacionais com foco na área do conhecimento. Neste contexto, destacou temas de pesquisa de importância para a Defesa, como submarino de propulsão nuclear, aeronave supersônica, defesa biológica, simulação de combate, e orçamento e finanças.

Após a palestra, o Comandante da ESD, Major-Brigadeiro Valdir Eduardo Tuckumantel Codinhoto, apresentou a Escola, os cursos oferecidos e projetos futuros. Ao final da visita, o CHEC conheceu as principais instalações da ESD, passando por todos os blocos e áreas como o Programa Forças no Esporte (Profesp), alojamentos, Capela e Biblioteca.

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).