Brasília (DF) – O General de Exército Marco Antônio Freire Gomes transmitiu o cargo de comandante da instituição ao General de Exército Júlio Cesar de Arruda, em cerimônia realizada no Clube do Exército, em Brasília, no dia 30 de dezembro.

 

O comandante sucedido agradeceu a todos com quem trabalhou no período em que esteve à frente do Exército Brasileiro e afirmou que assumir tal função foi a realização de um sonho: “foi a mais gratificante missão que recebi. Fosse por um único dia, não haveria como recusá-la, e isso em detrimento de qualquer outra função, atividade ou comodidade pessoal. Não há palavras que possam expressar meu orgulho em ter sido abençoado com essa tarefa”, afirmou o General Freire Gomes.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

 

O comandante sucedido ainda se dirigiu aos subordinados: “meus comandados, sigam em frente sob o sagrado manto verde-oliva, que os agasalha e aglutina em torno da hierarquia, da disciplina, do espírito de corpo, da camaradagem, da coragem moral e da integral dedicação ao serviço da Pátria e a todos os nossos irmãos”.

 

A solenidade teve a presença do Vice-Presidente da República, General Hamilton Mourão; do Ministro da Defesa, General Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; de ex-comandantes e de antigos integrantes do Alto Comando do Exército. O Ministro da Defesa destacou o trabalho realizado pelo comandante sucedido: “suas atitudes serenas, mas firmes, reproduziram toda uma vida de soldado honrado e dedicado à sua Pátria, o que traduziu, em pouco tempo, na hábil condução do Exército, levando a Instituição a concretizar muitas realizações”.

 

Como parte da tradição da solenidade, o novo comandante recebeu das mãos do comandante sucedido uma réplica da invicta espada de Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro. O ato simboliza e materializa a responsabilidade da assunção do comando e da condução do destino da Força Terrestre sob a inspiração dos exemplos de seu patrono.

 

Após assumir a missão de comandar o Exército de Caxias, o General Arruda destacou a solidez do Exército Brasileiro: “é uma Instituição que vai fazer 375 anos, nacional e permanente com seus valores. Meu foco será reforçar estes valores militares: patriotismo, civismo, fé na missão, amor à profissão e, principalmente, aperfeiçoamento técnico-profissional”.

 

O novo comandante também ressaltou o trabalho de todos os integrantes da Força: “unidos e trabalhando juntos com muita satisfação, eu acredito que vamos manter o Exército coeso e com a credibilidade que ele sempre teve. Essa é a minha intenção para este comando. Estou muito feliz e honrado em assumir o comando do Exército”.

 

O novo comandante

 

O General de Exército Arruda exercia o cargo de Chefe do Departamento de Engenharia e Construção, em Brasília. Ele nasceu na cidade de Cuiabá (MT) em 9 de janeiro de 1959, filho de José Libânio de Arruda e Emília Crisóstomo de Arruda. Foi promovido ao posto atual em 31 de março de 2019.

 

Em 1978, ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), sediada em Resende (RJ), tendo sido declarado Aspirante a Oficial da Arma de Engenharia em 12 de dezembro de 1981.

 

O General Arruda é casado com a senhora Regina Lúcia e tem duas filhas.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).