Exército envia aeronaves para ajudar no resgate de vítimas da chuva em São Sebastião. — Foto: Luara Leimig/ arquivo CAVEX

Neste domingo (19/02), fortes chuvas atingiram o município de São Sebastião, resultando em deslizamentos de terras na rodovia Rio-Santos e desabamentos de casas, deixando mais de 80 pessoas desabrigadas. A Prefeitura confirmou 23 mortes e declarou Estado de Calamidade na cidade. Para ajudar nas operações de resgate, o Exército Brasileiro enviará 240 homens. O governador do Estado, Tarcísio de Freitas, esteve no local acompanhando a coordenação das equipes das forças públicas da cidade, Estado e União.

Os bairros mais afetados foram Vila Sahy, Costa Sul, Itatinga, Boiçucanga, Camburí, Barra do Una, Vila Sahy e Juquehy. As forças de segurança, incluindo helicópteros, estão realizando trabalhos de resgate e transportando os corpos para o Centro da cidade. No entanto, há riscos de novos deslizamentos e desmoronamentos devido ao solo encharcado, o que torna as operações mais desafiadoras.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).