Brasília (DF) – A Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações (DCEM) completa, no dia 24 de agosto, 113 anos de existência. O aniversário foi comemorado com entrega de medalhas a militares e civis da Diretoria e com a apresentação do histórico da DCEM, estando presentes o General de Exército João Chalella Júnior e o General de Divisão Edson Diehl Ripoli, respectivamente Chefe e Vice Chefe do Departamento-Geral do Pessoal; o General de Divisão Luciano Guilherme Cabral Pinheiro, Vice-Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia, os oficiais-generais do DGP, além de convidados, militares e funcionários civis da Diretoria.

As origens da Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações remontam à criação, em 24 de agosto de 1909, do Departamento da Guerra, origem do atual Departamento-Geral do Pessoal. Em 1971, com a reorganização do Departamento-Geral do Pessoal, a Diretoria do Pessoal da Ativa passou a funcionar com a denominação de Diretoria de Movimentação (D Mov). Naquele mesmo ano, o Departamento-Geral do Pessoal e Diretorias subordinadas tiveram suas sedes transferidas para Brasília/DF, tendo a Diretoria de Movimentação se instalado, definitivamente, na Capital Federal, em 1972.

Finalmente, a Port nº 059-Cmt Ex, de 17 de fevereiro de 2004, reorganizou o Departamento-Geral do Pessoal e atribuiu à D Mov a nova denominação de Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações. Desde a sua criação, a DCEM já contou com a direção de 61 oficiais-generais.

A DCEM tem como missão controlar, selecionar e movimentar os recursos humanos do Exército Brasileiro de forma eficiente, nivelando os efetivos de oficiais e praças de carreira entre as organizações militares, conforme as prioridades estabelecidas pelo Estado-Maior do Exército; bem como buscar a equidade na política de pessoal executada, aperfeiçoando os processos, tendo sempre em mente que o trabalho realizado impacta todos os militares e os seus familiares.

Fonte: Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui