blank

Um artigo publicado no Journal of Harbin Engineering University na última sexta-feira (9) afirma que a China desenvolve secretamente drones submarinos que usam inteligência artificial para reconhecer, seguir e bombardear com torpedos um submarino inimigo sem instrução humana.

Financiado por militares, o projeto do veículo subaquático não tripulado (UUV) começou no início dos anos 1990 e pode ter sido testado na costa da província oriental de Fujian ou no Estreito de Taiwan em 2010. O local é estratégico já que países como Estados Unidos e Japão levantaram a possibilidade de intervenção militar caso Pequim, que vê Taiwan como parte de seu território, tentar tomar a ilha à força.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.