Recife (PE) – O Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Recife (CPOR/R) formou 165 aspirantes a oficial em 2022, que compõem a Turma Bicentenário da Independência do Brasil. A formatura de declaração dos aspirantes a oficial ocorreu no dia 3 de dezembro, marcando o encerramento do ano de intrução. Os militares, que passam a constituir a reserva do Exército Brasileiro, estão aptos a serem convocados para servir como oficiais nas organizações militares do Exército de todo o Brasil, já habilitados a ingressar no Corpo de Oficiais da Reserva do Exército (CORE).

O Comandante do CPOR/R parabenizou os 165 aspirantes a oficial pelo objetivo alcançado, destacando a importância de fazerem parte da história daquele estabelecimento de ensino, que, ao longo de 89 anos de existência, já formou mais de 13.000 aspirantes para o Exército Brasileiro.

O Comandante Militar do Nordeste, General de Exército Richard Fernandez Nunesparabenizou os recém-formados e integrantes da nova turma de Oficiais R/2. Ele também parabenizou o Comandante e os integrantes do CPOR/R pela formação dos aspirantes. O General Richard destacou a importância de os aspirantes integrarem a reserva do Exército a partir daquele momento, ressaltando que, em cada um, pulsará o coração verde-oliva do Exército Brasileiro.

A solenidade contou com a presença do Comandante da 7ª Região Militar, General de Divisão Francisco Carlos Machado Silva, do Chefe do Escritório de Projetos do Departamento de Educação e Cultura do Exército, General de Divisão Veterano Riyuzo Ikeda e do Chefe do Estado Maior do Comandante Militar do Nordeste, General de Brigada Alessandro da Silva.

Fonte: CPOR/R

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui