No coração do Rio de Janeiro, um evento de grande importância para as Forças Armadas Brasileiras e para a segurança nacional teve lugar no dia 27 de dezembro de 2023. O Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista (Bda Inf Pqdt), General de Brigada Emílio Vanderlei Ribeiro, liderou o primeiro apronto operacional da Força-Tarefa (FT) Velame, no Ginásio do 26º Batalhão de Infantaria Pára-quedista (26º BI Pqdt). Este evento marca uma nova era sob o comando do General Emílio, evidenciando o compromisso contínuo da Bda Inf Pqdt com a excelência operacional e a prontidão estratégica.

Preparo e Excelência Operacional

Snapinsta.app 412670759 3488305741482704 6837051781872902478 n 1080

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A Brigada de Infantaria Pára-quedista é conhecida por sua destreza e eficácia, características essenciais para uma força de elite. Durante o apronto, o General Emílio pôde observar de perto as capacidades da tropa que integra o Sistema de Prontidão Operacional Aeroterrestre (FORPRON Aet) da FT Velame. Este sistema é crucial para garantir a prontidão e a resposta rápida em situações que exigem intervenção imediata e eficaz.

O Papel Estratégico da Bda Inf Pqdt

A Bda Inf Pqdt não é apenas uma força de elite; ela é uma peça chave na estratégia de defesa nacional. Como parte da Força de Ação Rápida Estratégica, seus militares estão sempre preparados para serem empregados em diversas situações, sejam elas de defesa territorial ou de atuação em cenários mais complexos de conflito. O General Emílio ressaltou a importância da brigada estar em constante preparação para alcançar e manter o mais alto nível de operacionalidade.

Desafios e Perspectivas Futuras

O apronto operacional é mais do que uma demonstração de força; é um teste vital para avaliar a prontidão e a capacidade de adaptação dos militares a diferentes cenários. O evento também serve como uma oportunidade para identificar áreas que necessitam de melhoria contínua, garantindo que a Bda Inf Pqdt mantenha sua posição de destaque entre as forças armadas.

Brasil Acima de Tudo

O apronto operacional realizado pela Bda Inf Pqdt sob a liderança do General Emílio é um lembrete poderoso do compromisso do Brasil com a segurança e a defesa nacional. A demonstração de prontidão e eficiência por cerca de oitocentos militares não é apenas um testemunho da força da Bda Inf Pqdt, mas também uma garantia de que o Brasil continua a investir e a valorizar suas Forças Armadas como pilares da soberania nacional.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).