O Terceiro-Sargento de Cavalaria Bruno Schubert Trindade, do Exército Brasileiro, foi escolhido como Soldado de Honra e Soldado de Ferro no Curso de Líder de Pequenas Frações (Basic Leader Course) do Western Hemisphere Institute for Security Cooperation, realizado no Fort Benning, nos Estados Unidos. O curso aconteceu de 30 de janeiro a 9 de março e contou com a participação de 22 alunos do Brasil e da Colômbia.

O objetivo do Curso de Líder de Pequenas Frações é desenvolver habilidades de comunicação escrita e oral, pensamento crítico e criativo, resolução de problemas, liderança, assessoramento e cerimônias militares nos sargentos participantes. Além disso, eles aprendem a conduzir treinamentos e adestramento de soldados, com foco no desenvolvimento do caráter e dos procedimentos de condução de tropas. Ao final do curso, os sargentos estão aptos a treinar, liderar e realizar operações na liderança de pequenas frações.

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).