Google News

Por Júlia Campos

Na quarta-feira (30), a Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro (RJ), sediou debate sobre os programas de pós-graduação das Escolas de Altos Estudos das Forças Armadas e do Instituto Militar de Engenharia (IME). Na ocasião, representantes da ESG, da Escola de Guerra Naval, da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, da Universidade da Força Aérea e do IME apresentaram panorama dos principais resultados, desafios e potencialidades das instituições.

Além dos representantes das instituições, participaram do debate autoridades dos Ministérios da Defesa (MD), da Educação (MEC), da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Conselho Nacional de Educação (CNE). “A ESG, desde a sua criação, sempre teve essa tradição de reunir vários segmentos da sociedade para pensar o Brasil, propor pauta positiva e visão de futuro”, destacou o Secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto (SEPESD/MD), Tenente-Brigadeiro do Ar da reserva Jeferson Domingues de Freitas.

foto Brigadeiro 1.jpeg

Na oportunidade, um dos pontos debatidos foi a importância do transbordamento das pesquisas na área de Defesa, em que aplicações podem ser feitas, por exemplo, na segurança energética, alimentar e hídrica; no monitoramento de tempo e clima, de biomas; no gerenciamento de desastres naturais; na cartografia e no planejamento urbano; na navegação; nas telecomunicações; na biossegurança; e na biodefesa, entre outras.

A Finep, empresa pública vinculada ao MCTI e que financia diversos projetos das instituições militares, também apresentou a sua finalidade e as principais atividades. “O intuito é mostrar o tipo de projeto e instituição que nós apoiamos e como ela pode tornar o Estado brasileiro mais soberano na tecnologia, na ciência e na inovação, para que, assim, possamos superar os desafios do futuro”, ressaltou o Diretor Administrativo da Finep, André Godoy.

B78F86E5-6D4C-450C-8B71-D1ACB4D22728.jpeg

Também estiveram presentes o Diretor do Departamento de Ensino (DEPENS/MD), General de Divisão Paulo Roberto Viana Rabelo, o Subcomandante da ESG, General de Divisão Adilson Carlos Katibe, o comandante da Escola Superior de Guerra Campus Brasilia, Vice-Almirante Paulo Renato Rohwer Santos, o Diretor de Financiamento e Economia de Defesa (DEPFIN/MD), Major-Brigadeiro Marcos Aurélio Pereira Silva.

O debate na ESG encerra a visita institucional da comitiva da SEPESD/MD, que teve início no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP), na terça-feira (29). Na oportunidade, as autoridades conferiram projetos desenvolvidos no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), no Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e no Instituto de Estudos Avançados (IEAv).

Fotos: Comunicação ESG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui