Uma pesquisa realizada pelo Tenente-Coronel Engenheiro Gustavo Barbi Vieira, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), recebeu atenção internacional ao ser destacada em uma das revistas científicas mais renomadas do setor de gerenciamento de projetos. O estudo, intitulado “Project Portfolio Selection considering interdependencies: A review of terminology and approaches”, oferece uma contribuição significativa ao propor uma nova terminologia e abordagem para otimizar o processo de seleção de portfólios em contextos militares estratégicos.

Uma Abordagem Inovadora para a Gestão Estratégica

i2412310172709238

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Sob a orientação da Professora Doutora Carmen Balderrain, do ITA, e com o apoio de coorientadores e coautores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o trabalho de Vieira examina as complexas interdependências entre projetos, um aspecto crucial para a seleção eficaz de portfólios em organizações militares, como o Estado Maior da Aeronáutica (EMAER). A pesquisa enfatiza a importância da integração entre diversas iniciativas para alcançar os objetivos operacionais desejados, apresentando uma classificação inédita para tais interdependências.

Impacto na Seleção e Gerenciamento de Portfólios

i2412310172108508

A nova classificação proposta visa padronizar o entendimento sobre os relacionamentos entre projetos durante a seleção e gerenciamento de portfólios. Esta padronização é fundamental para o avanço das pesquisas nesse campo, servindo como referência para futuros estudos sobre o tema. O Tenente-Coronel Vieira ressalta a importância deste marco conceitual para esclarecer a classificação dos relacionamentos entre projetos e os efeitos do processo de gerenciamento.

Contribuição para o Aprimoramento Militar e Acadêmico

Para o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO) do ITA, Coronel Aviador Sérgio Rebouças, a pesquisa representa um avanço significativo tanto para o desenvolvimento de capacidades militares quanto para os processos de seleção de portfólio e gerenciamento de projetos estratégicos na Força Aérea Brasileira (FAB) e no Ministério da Defesa. A integração de conhecimentos acadêmicos com as necessidades operacionais e estratégicas das Forças Armadas destaca a relevância da pesquisa para além das fronteiras acadêmicas, impactando diretamente na eficiência e eficácia das atividades militares.