O Time Brasil Masculino de Paraquedismo, com dois integrantes da Equipe “Falcões” da Força Aérea Brasileira (FAB), conquistou, no dia 27/06, a medalha de bronze no 45º Campeonato Mundial Militar, disputado na cidade de Gussing, na Áustria. Com a ajuda do Tenente Rodrigo Gonçalves e do Suboficial Antônio Augusto Batista dos Santos, da FAB, o Brasil ficou em terceiro lugar geral masculino na disputa, que contou com a participação de 22 países. A Alemanha terminou em primeiro, seguido pela República Tcheca.

O Tenente Gonçalves dedicou o resultado da competição ao trabalho em equipe dos militares que compuseram o time. “O terceiro lugar mostrou que estamos no caminho certo e temos condições de alcançar patamares ainda maiores, foram 28 países na disputa e o Brasil está entre os três melhores do mundo. Agradeço a todos os atletas e colaboradores da Equipe Falcões, sem o esforço de cada um seria impossível atingir os níveis necessários nos treinamento, e parabenizo os atletas das forças amigas pela companheirismo e união nesta jornada que enfrentamos juntos”, disse.

A Equipe Feminina, que teve a Sargento Cássia Bahiense Neves em sua formação, também teve uma boa participação na competição, terminando na 4ª colocação.

Campeonato Brasileiro de Taekwondo

Em uma outra disputa esportiva, realizada em São José (SC), de 22 a 26 de junho, o Sargento João Pedro Chaves, que também é Atleta de Alto Rendimento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), conquistou a medalha de Prata do Campeonato Brasileiro de Taekwondo, se tornando o vice-campeão brasileiro da modalidade.

Este ano, a FAB recebeu um reforço de mais 70 militares, que se formaram sargentos de 2° classe no dia 27/06. Os novos militares representarão a Força Aérea nos campeonatos nacionais e internacionais, levando o nome do Brasil cada mais longe. Quer saber como se tornar Atleta de Alto Rendimento da FAB? Confira clicando aqui.

Fotos: Acervo CDA

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui