Ozires Silva recebe o título de Doutor Honoris Causa do ITA

blank

Ozires Silva, fundador da Embraer e presidente de honra do INVOZ, recebeu o título de doutor honoris causa das mãos do reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Correia, e do tenente-brigadeiro do ar Hudson Costa Potiguaradiretor-geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). A entrega foi nesta segunda-feira, em seu apartamento, em São Paulo.

Muito emocionado, Ozires falou sobre o momento e agradeceu à congregação do ITA. “Espero ter jogado algumas pedras no caminho do ITA. O Brasil ainda não encontrou o  desenvolvimento que eu sempre sonhei. Mas eu tenho certeza que a escola é o instrumento de transformação da sociedade. Agradeço acima de tudo à FAB”, disse. Ozires completou 90 anos de idade em janeiro deste ano. “É mais do que um reconhecimento. É um certificado da história que o senhor escreveu no Brasil”, afirmou o brigadeiro Potiguara.

“Este título foi dado a duas pessoas apenas. Santos Dumont, o pai da aviação, e o Marechal Casemiro Montenegro, criador do ITA. E nós ficamos 60 anos sem ninguém mais. A congregação do ITA, que possui 44 pessoas, dentre professores, militares, servidores e alunos, decidiu outorgá-lo ao senhor”, explicou o reitor do ITA, Anderson Correia.

Premiações

No começo deste ano, Ozires se tornou o primeiro brasileiro a receber a medalha Guggenheim, uma das mais significativas condecorações internacionais de engenharia aeronáutica do mundo. A medalha Daniel Guggenheim foi criada em 1929 como uma premiação internacional com o propósito de reconhecer pessoas que tiveram conquistas notáveis no campo aeronáutico.

A nomeação é realizada por um conselho de especialistas do AIAA (American Institute of Aeronautics and Astronautics), ASME (American Society of Mechanical Engineers), SAE International e Vertical Flight Society, dos Estados Unidos. Ozires é um dos brasileiros mais condecorados por sua trajetória e realizações dentro e fora do Brasil.

Na lista de personalidades reconhecidas anualmente pelo Guggenheim estão pioneiros da aviação e profissionais que dedicaram suas vidas ao desenvolvimento aeronáutico ao longo da história. Entre alguns destaques da indústria estão William E. Boeing, Lawrence D. Bell, Leroy R. Grumman, Igor Sikorsky, Charles Lindbergh, James S. McDonnell, Marcel Dassault, entre outros.

Já em janeiro, Ozires Silva recebeu também a medalha Ordem do Ipiranga Grã-Cruz, das mãos do governador de São Paulo, João Dória (PSDB). A condecoração é a mais alta honraria concedida pelo Estado de São Paulo a uma pessoa.

Ozires Silva

Ozires Silva nasceu em 8 de janeiro de 1931 e mudou-se para São José dos Campos para ingressar no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) em 1959, graduando-se em Engenharia Aeronáutica em 1962. Após a graduação, passou a liderar o Departamento de Aeronaves do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento.

Em 1965, iniciou o projeto IPD-6504, que se tornaria depois o avião Bandeirante. Ozires Silva liderou a Embraer entre os anos de 1970 até 1986 e retornou em 1992, para presidir a companhia durante o processo de reestruturação até sua privatização em dezembro de 1994.

Fonte: INVOZ

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui