Campinas (SP) – Mais de mil atletas se reuniram no campo de desporto da Escola Preparatória de Cadetes do Exército para a Cerimônia de Abertura da Olimpíada do Exército 2022 – Bicentenário da Independência, no dia 9 de julho.

Os competidores, oriundos dos oito comandos militares de área, defenderão seus estandartes em 13 modalidades: Natação, Pentatlo Militar, Karatê, Atletismo, Judô, Orientação, Basquete, Voleibol, Hipismo, Futebol de Campo, Escalada Esportiva e Tiro com Arco Paralímpico. O evento terá a duração de oito dias e acontecerá nas cidades de São Paulo, Itu, Pirassununga, Campinas e Osasco.

No início da cerimônia, o Tenente-Coronel Rogério, representante do Comando Militar do Sudeste, acendeu a pira olímpica. O medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima conduziu o juramento aos competidores, transmitindo forte emoção.

O Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Tomás, no uso da palavra, desejou uma excelente competição a todos, evidenciou a importância do desporto na vida militar e declarou a abertura oficial da Olimpíada do Exército 2022.

Na oportunidade, os Atletas Paralímpicos e as delegações da Comissão de Desportos do Exército, do Comando Militar do Leste, do Comando Militar do Sudeste, do Comando Militar do Sul, do Comando Militar Planalto, do Comando Militar do Nordeste, do Comando Militar da Amazônia, do Comando Militar do Oeste e do Comando Militar do Norte desfilaram, em continência às autoridades, ao som da banda da Escola Preparatória de Cadetes do Exército.

Concluindo a Cerimônia, representantes de diversas capacidades da Brigada de Infantaria Pára-quedista realizaram distintas apresentações de salto livre aos presentes.

Acesse o site oficial da Olimpíada do Exército 2022: www.olimpiadadoexercito.eb.mil.br

Fonte: Comando Militar do Leste

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui