A Nuclep, uma das protagonistas na indústria de fabricação pesada no Brasil, está aproveitando sua participação na Offshore Technology Conference (OTC) em Houston, Texas, para abrir novos caminhos e expandir suas parcerias, especialmente com a Petrobras. Este evento é reconhecido como o mais significativo do setor de Óleo e Gás a nível global, e a presença de grandes nomes da indústria brasileira, incluindo os executivos da Nuclep, ressalta o empenho e a capacidade nacional no cenário internacional.

Participação da Nuclep na OTC

Com uma delegação de peso liderada por Carlos Henrique Silva Seixas, presidente da Nuclep, e seu diretor Comercial, Nicola Mirto Neto, a empresa não apenas marca sua presença, mas também busca ativamente por novos contratos. O foco é claro: fortalecer e expandir a relação com a Petrobras, um dos seus principais parceiros comerciais. A estratégia adotada pela Nuclep mostra um direcionamento assertivo para garantir e aumentar sua participação em projetos futuros, especialmente na construção de módulos para plataformas de petróleo.

Encontros Estratégicos

blank

Durante o evento, ocorreu um encontro altamente produtivo entre a equipe da Nuclep e Jean Paul Prates, presidente da Petrobras. Acompanhados por Marcelo Bonilha, presidente da EBSE, os diálogos foram pautados pela discussão sobre a capacidade e disposição em atender às crescentes demandas da Petrobras. Este momento foi crucial para reiterar a competência e o histórico de excelência da Nuclep no fornecimento de estruturas complexas e de grande escala para a indústria de óleo e gás.

Convite ao Presidente da Petrobras

Um dos pontos altos foi o convite de Seixas para que o presidente da Petrobras visitasse as instalações da Nuclep. Esta é uma jogada estratégica para mostrar de perto as capacidades de produção e os avanços tecnológicos que a Nuclep possui. Relembrando os sucessos anteriores, como os projetos das plataformas P-51 e P-56, onde a Nuclep teve papel fundamental, o convite também serve como uma demonstração de transparência e confiança nas habilidades da empresa.

Capacidade e Experiência Confirmada

“Temos capacidade e experiência comprovadas para fornecer módulos complexos para plataformas da Petrobras, garantindo qualidade e eficiência que atendem aos padrões exigidos pelo setor”, afirmou Seixas. Essa declaração não apenas reforça a posição da Nuclep como um fornecedor de confiança, mas também destaca sua adaptabilidade e compromisso com as normas e expectativas do mercado.

A Nuclep, ao participar ativamente da OTC e ao se posicionar estrategicamente diante de parceiros potenciais e existentes, demonstra sua contínua aspiração em ser líder não apenas no mercado brasileiro, mas também no palco global da indústria de Óleo e Gás.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).