No dia 8 de março, comemoramos o Dia Internacional da Mulher, uma data que representa a luta pela igualdade de gênero e a valorização da mulher em diversos setores da sociedade, inclusive nas forças armadas brasileiras. Apesar de historicamente ser um espaço dominado por homens, as mulheres têm conquistado cada vez mais espaço e se destacado em diversas áreas.

Confira abaixo algumas mulheres que foram destaque nas forças armadas brasileiras:

carlaTenente-coronel Aviadora Carla Borges: primeira mulher a comandar o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido como Esquadrilha da Fumaça. Ela assumiu o comando em 2019 e é piloto de caça desde 2006.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

 

es 56 se tornou a primeira mulher oficial general das forcas armadas no brasil ao ser promovida a almirante em cerimonia realizada nesta 1353957266351 956x500 731x402 1Contra-Almirante Dalva Maria Carvalho Mendes: primeira mulher oficial general do Brasil.

 

albachCoronel Carla Beatriz Barbosa de Moura: ela é a primeira mulher a assumir o comando de uma missão de paz da ONU.

 

Essas são apenas algumas das muitas mulheres que têm se destacado nas forças armadas brasileiras, mostrando que não há limites para o talento e a competência feminina. A presença das mulheres nas forças armadas é importante não apenas para a representatividade, mas também para a diversidade de ideias e perspectivas, o que contribui para a melhoria das estratégias e ações realizadas pelas instituições.

É importante lembrar que ainda há muito a ser feito para garantir a igualdade de oportunidades e o fim do preconceito de gênero nas forças armadas e em toda a sociedade. Por isso, é fundamental que continuemos lutando pelos direitos das mulheres e pela valorização de seu papel em todas as áreas.

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).