O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, esteve, na sexta-feira passada (31), no quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV), sediado em Manaus, para um encontro com o Ministro da Defesa da Bolívia, Luis Fernando Lópes Julio. O evento fez parte do Encontro Bilateral do Brasil com aquele país para discutir assuntos de interesse comum e possíveis parcerias envolvendo os militares de ambas as nações. O Encontro encerrou uma série de visitas do Ministro da Defesa Boliviano a unidades da Marinha, do Exército, e da Força Aérea, localizadas na capital do Amazonas.

O Ministro da Defesa da Bolívia, Luis Fernando Lópes Julio, recebeu honras militares, passou em revista à tropa formada no pátio da unidade e foi recebido pelo ministro brasileiro. Em seguida, as comitivas se deslocaram para o prédio do comando onde foi realizado o Encontro Bilateral reunindo autoridades militares de ambas as Nações.

mins
Ministro Fernando Azevedo recebeu o ministro boliviano em Manaus

Para o Ministro Fernando Azevedo, a Bolívia é um país irmão, muito importante, e com fronteira extensa com o Brasil. “As nossas Força Armadas sempre foram irmãs e mantiveram um bom diálogo”, concluiu.
Já o ministro boliviano, Lópes Julio, se disse agradecido pela recepção dos brasileiros e ratificou que o Brasil e a Bolívia são países irmãos, unidos pela história e pela fronteira.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

palestra
Brigadeiro descreve atribuição do DECEA ao ministro boliviano

O Ministro da Defesa da Bolívia acompanhou também uma palestra em que recebeu informações acerca da estrutura e funcionamento do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e sobre a execução das atividades relacionadas à vigilância e ao controle da circulação aérea geral, bem como a manutenção da integridade e da soberania do espaço aéreo brasileiro, nas áreas definidas como de responsabilidade brasileira na Região Amazônica. Ele realizou também uma visita às instalações do CINDACTA IV e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

Por Comandante Cleber Ribeiro

Fotos: S1 Keven Cobalchini

MD

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).