No contexto da Operação Ágata, o Comando Conjunto Norte, formado pelo Comando Militar do Norte, do Exército Brasileiro; pelo 4º Distrito Naval, da Marinha do Brasil; e pela Ala 9, da Força Aérea Brasileira, vem conduzindo operações de segurança e proteção da fronteira Norte da Amazônia Oriental (Ágata Tipo I), empregando a Companhia Especial de Fronteira (CEF) de Clevelândia do Norte, fração destacada do Comando de Fronteira AMAPÁ e 34° Batalhão de Infantaria de Selva.

Nas Operações Ágata, que ocorrem ao longo de todo o ano, são conduzidas ações integradas e coordenadas entre o Exército Brasileiro e as instituições de segurança e fiscalização, como a PF, a PRF, IBAMA, ICMBio, Polícias Civil e Militar dentre outras. As ações são desencadeadas na faixa de fronteira e, no estado do Amapá, coordenadas pela 22ª Brigada de Infantaria de Selva, Brigada Foz do Amazonas.

Nesta terça-feira (20), o Exército Brasileiro e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram ações integradas e coordenadas na BR-156, próximo ao município do Oiapoque, no Amapá, com a finalidade de fiscalizar pessoas e veículos, coibindo ilícitos transfronteiriços e ambientais na faixa de fronteira.

OiapoqueFoto Alterada1.jpg

Por meio de um Posto de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE), foram realizadas abordagens a veículos que trafegavam pela rodovia e, durante a manhã, foram realizadas duas apreensões. Na primeira, foi apreendida a quantia de R$ 40 mil em espécie, sendo o condutor do veículo conduzido à Polícia Federal. Na segunda, dentro da caixa de uma central de ar condicionado, foram apreendidas três pistolas calibre 40, uma pistola calibre 9mm, cerca de 150 munições de pistola, 3,6 kg de maconha, 1,3 kg de cocaína, 22 frascos de LSD e R$ 39 mil  reais em espécie. Fruto da atuação integrada, foram presas quatro pessoas ao todo.

Com informações do Comando Conjunto Norte

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui