Em um movimento estratégico que reforça as relações franco-gregas e promove a inovação na indústria de defesa europeia, a MBDA, líder mundial em sistemas de armas complexos, assinou dois Memorandos de Entendimento (MoUs) com as empresas gregas MILTECH e ALTUS. Esses acordos, firmados em 6 de fevereiro de 2024, são parte da iniciativa “R&D Booster” da MBDA na Grécia, um componente chave da parceria estratégica entre França e Grécia estabelecida em 2021, visando o desenvolvimento de cooperações de longo prazo na Europa.

Desenvolvimento Conjunto com MILTECH e ALTUS

A colaboração com a MILTECH focará no desenvolvimento de um kit de lançamento para o míssil AKERON MP, uma inovação que a MBDA agora oferece no mercado global como uma opção para torres automáticas leves equipadas com armas de baixo calibre. Este projeto não apenas amplia as capacidades do AKERON MP, mas também abre novas possibilidades para sistemas de defesa mais ágeis e adaptáveis.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Paralelamente, a parceria com a ALTUS visa o desenvolvimento de drones táticos equipados com mísseis AKERON MP. O projeto inicial validará a integração dos mísseis no novo UAV ATLAS 8 HEAVY LIFTER da ALTUS, marcando um passo significativo na combinação de tecnologias de drones e mísseis para criar sistemas de armas mais versáteis e eficazes no campo de batalha.

Fortalecimento da Cooperação Industrial Europeia

Eric Béranger, CEO da MBDA, destacou a importância desses acordos para o desenvolvimento de atividades de longo prazo com a indústria de defesa helênica, enfatizando o compromisso da MBDA em promover a cooperação industrial na Europa. Esses projetos não apenas solidificam a relação duradoura entre a MBDA e a Grécia, mas também demonstram a capacidade da empresa em apoiar e fortalecer a cooperação industrial europeia, um valor fundamental para a MBDA.

Impacto nos Projetos de Cooperação e na Base Industrial de Defesa Helênica

Esses projetos de desenvolvimento complementam as iniciativas de cooperação existentes nas áreas de produção, serviços e pesquisa e desenvolvimento (P&D), visando fortalecer os laços entre a MBDA e a Base Industrial de Defesa Helênica. Através dessas parcerias, a MBDA não só reafirma seu papel como líder na inovação em defesa, mas também contribui para a segurança das nações e o fortalecimento da soberania nacional dos países europeus.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).