Recentemente, circularam informações sobre uma delação premiada envolvendo o Tenente-Coronel Mauro Cid. A Marinha do Brasil (MB), em resposta a essas informações, esclarece que não teve acesso ao conteúdo dessa delação. Além disso, a MB destaca que não se manifesta sobre processos investigatórios que estão em andamento no Poder Judiciário.

Compromisso com a Sociedade Brasileira

A Marinha, como uma das principais instituições nacionais, tem plena consciência de sua missão constitucional. Ela reforça seu compromisso contínuo com a sociedade brasileira, garantindo que sua conduta seja sempre pautada pela fiel observância da legislação, bem como por valores éticos e pela transparência. A instituição se orgulha de seu papel e da confiança que a população deposita em seus profissionais e ações.

Posicionamento Oficial da Força Naval

A MB faz questão de ressaltar que opiniões e atos individuais não refletem, de forma alguma, o posicionamento oficial da Força. Cada membro da Marinha é responsável por suas ações e declarações, e a instituição se mantém firme em seus princípios e valores. Além disso, a Marinha do Brasil reitera que está totalmente à disposição da justiça, pronta para contribuir de forma integral com qualquer investigação que seja necessária.

Confira a Nota Oficial

blank

Em tempos de informações rápidas e, muitas vezes, sem verificação, é essencial que as instituições se posicionem de forma clara e transparente. A Marinha do Brasil, ao se manifestar sobre o assunto, demonstra seu comprometimento com a verdade e com o povo brasileiro, reforçando sua imagem de seriedade e dedicação à nação.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).