Em cerimônia de comemoração ao 92º aniversário da Força Aérea do Chile, realizada nesta segunda-feira (21), na Embaixada do Chile, em Brasília (DF), o Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, foi agraciado com a Condecoração “Cruz ao Mérito Aeronáutico do Chile” no Grau Grande Cruz ao Mérito Aeronáutico. A honraria foi entregue pelo Embaixador do Chile, Fernando Schmidt Ariztía, acompanhado do Adido Aeronáutico do Chile no Brasil, Coronel Aviador Percy Gómez Solís.

Também participaram da solenidade o Comandante de Operações Aeroespaciais e Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Sergio Roberto de Almeida; o Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Ricardo Reis Tavares; dentre outros Oficiais-Generais da FAB e das Forças Armadas Chilenas, além de Embaixadores e Adidos Aeronáuticos.

Em seu discurso, o Comandante da FAB enalteceu o mútuo respeito e o fraterno relacionamento que unem Brasil e Chile. “Ao longo dos anos, nossas Forças Aéreas têm mantido um estreito e profícuo relacionamento, principalmente nos campos de ensino e de emprego operacional, pilares fundamentais para a manutenção da soberania das nações”, ressaltou o Oficial-General.

O Tenente-Brigadeiro Baptista Junior destacou, ainda, fatos históricos que ratificam a relação de amizade entre as duas Forças Aéreas e, em tempos atuais, sublinhou as experiências em treinamentos multinacionais que proporcionam o aprendizado mútuo e favorecem a aplicação de emprego combinado, como no Cruzeiro do Sul Exercise (CRUZEX), realizado no Brasil; e o Exercício Operacional Salitre, que ocorre no Chile.

O Embaixador do Chile comentou sobre a homenagem. “É com muito orgulho que entregamos essa importante Condecoração ao Comandante da Força Aérea Brasileira. Temos que comemorar esses 92 anos e toda essa cooperação entre o Chile e o Brasil, como os exercícios operacionais, a participação brasileira na Feira Internacional do Ar e Espaço (FIDAE), dentre outras”, disse Fernando Schmidt Ariztía.

Cruz ao Mérito Aeronáutico do Chile

A Cruz ao Mérito Aeronáutico do Chile é uma honraria criada em 1984 e que se estabeleceu como um meio material para destacar os méritos das pessoas que prestaram relevantes serviços à Força Aérea Chilena ou ao Chile.

Fotos: Suboficial Nery / CECOMSAER

Marcelo Barros, com informações e imagens da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui