blank

O Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, que cumpre agenda na Inglaterra, participou nesta quarta-feira (20/07), da Conferência com Comandantes de Forças Aéreas – Grupo de Operadores do Gripen (do inglês, Gripen User’s Group – Air Chiefs Conference). O evento aconteceu na Embaixada do Brasil, em Londres.

O encontro é feito, exclusivamente, com Comandantes de Forças Aéreas que operam o Gripen, sendo eles Suécia, Major General Carl-Johan Edström; República Tcheca, Major General Petr Mikulenka; Hungria, Major General Nándor Kilián;Tailândia, Air Chief Marshal Napadej Dhupatemiya; África do Sul, Lieutenant General Wiseman Mbambo; e, agora, o Brasil, que recebeu recentemente duas aeronaves da Saab, que futuramente passarão a integrar a frota de aviões de caça da FAB. As reuniões são realizadas a cada dois anos. Neste ano o Brasil foi o país anfitrião do encontro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blankConforme o Comandante da FAB, a realização do encontro em 20 de julho, foi especial, pois marca o aniversário de Santos-Dumont, Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica Brasileira. “É enriquecedor receber os Comandantes de Forças Aéreas que já operam o Gripen, já que eles são experientes e nós estamos começando, ou seja, podemos absorver todo conhecimento operacional, logístico e de montagem de uma Unidade Aérea. Uma atividade importante que traz todas as propostas dos grupos de trabalhos, na qual decidimos, no mais alto nível, o futuro do projeto Gripen de todas as nações envolvidas”, explica o Oficial-General.

blankO Embaixador do Brasil em Londres, Fred Arruda, recebeu o grupo de Comandantes, e comentou sobre o encontro. “Para nós é motivo de orgulho receber este encontro, pois há muita ciência envolvida no setor aeronáutico e, também, a FAB tem aqui, no Reino Unido, um grande respeito, com prestígio extraordinário e é sempre bom que haja um estreitamento dos laços entre a Força Aérea Brasileira e as demais Forças”, completa.

Para o Comandante da Força Aérea da República Tcheca, Major General  Pter Mikulenka, esse encontro faz com que se tenha uma maior conhecimentos sobre as demais Forças Aéreas. “Esta é uma excelente oportunidade para trocar experiências entre a família Gripen. E, claro, depois disso, é também uma excelente oportunidade de conhecer a áreas específica de cada uma delas relatando as experiências e mostrando plataformas de operações do Gripen. Então, é muito bom saber o que iremos fazer no futuro e assim, continuar o progresso do sistema”, disse.blank

Já o Comandante da Hungria, Major General Mándor Kilián, salientou, a importâncias de conhecer as funcionalidades do Gripen. “É essencial mostrar as informações operacionais e, neste encontro podemos debater e ter um controle sobre tudo o que acontece. Claro, são também questões importantes para o futuro porque poderemos mostrar quais são os benefícios do Gripen”, explica.

E o Comandante da Força Aérea da África do Sul, Tenente General Wisenan Mbambo, relatou que reuniões como essas são de grande valia para Força Aérea da África, porque assim se pode contabilizá-los.

Conforme o Secretário do Gripen User’s Group, Magnus Nilsson, a importância desse encontro é discutir o que podemos melhorar e como podemos trabalhar juntos para encontrar pequenas maneiras de aumentar nossas responsabilidades que são essenciais para esse encontro.

blankObjetivos da Gripen User’s Group
A reunião tem o objetivo de tratar acerca de questões técnicas e operacionais do Gripen, bem como é um momento em que os Comandantes de Forças Aéreas têm a oportunidade de discutir outros assuntos de interesse comum, além de problema e soluções, treinamentos e possibilidade de desenvolvimento do avião, incrementando características, capacidades e equipamentos.

A coordenação da reunião foi feita pelo Presidente do GT – Grupo de Trabalho para a Implementação Operacional do Gripen da FAB – Tenente-Coronel Aviador Felipe Bombarda Guedes, que destacou a necessidade da conferência. “Este encontro traz o grande beneficio de aprender com a experiência dos outros, então isso poupa não só para a gente que somos da FAB, mas para cada nação que opera o Gripen. Com isso, dividimos conhecimentos e aprendemos, além de fazer o trabalho de cooperação para novas ideias e decisões para o futuro do novo caça que vamos operar, fazendo um produto melhor para todos’, finaliza o Oficial.

Confira aqui o vídeo da matéria.

Fotos: Suboficial Manfrim / CECOMSAER