FAB faz o voo da vida, transportando um coração

Google News

Na madruga de sexta para sábado 28/11, o 3° ETA realizou uma missão de transporte de órgão. A aeronave decolou para Ribeirão Preto/SP, onde foi feito a captação de um coração, e seguiu com destino a Guarulhos/SP para deixar a equipe médica e o órgão.

Desde que o decreto onde determina que a Força Aérea Brasileira (FAB) mantenha uma aeronave permanentemente disponível para o transporte de órgãos (Diário Oficial da União), o número de vidas salvas batem em recordes. Até outubro de 2020, a Força Aérea Brasileira transportou 170 órgãos.

Logística complexa

fab orgaos 1 free big - FAB faz o voo da vida, transportando um coração
Maior desafio é cumprir o transporte em menos de 4 horas que é o tempo de vida de um coração sem irrigação sanguínea

O planejamento começa no Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA), que deverá avaliar qual o melhor meio de transporte aéreo disponível, se militar ou comercial. O órgão conta com duas posições da Central Nacional de Transplantes (CNT) que atua 24 horas por dia, sendo responsável por administrar a logística que deve ser a mais rápida possível, visto que alguns órgãos o tecido possui um tempo de isquemia fria (TIF), que é o período que pode ficar sem circulação sanguínea, bastante curto.

  • https://tvbrasil.ebc.com.br/brasil-em-dia/2020/10/recorde-no-transporte-de-orgaos-pela-fab-em-2020
  • https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/conheca-complexa-logistica-de-transporte-de-orgaos-para-transplante_4652.html


Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui