O Pico da Neblina, localizado no coração da Floresta Amazônica, é o ponto mais alto do Brasil. Entre os dias 6 e 10 de outubro, o público poderá acompanhar uma expedição emocionante a este local, graças a uma reportagem especial do canal por assinatura “Off”, conhecido por suas produções voltadas para esportes e aventura. A repórter e médica Karina Oliani foi a responsável por registrar cada momento dessa jornada, caminhando lado a lado com os militares do 5º Batalhão de Infantaria de Selva.

Missão Militar e Desafios Naturais

article

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A expedição, que durou cinco intensos dias, não foi apenas uma aventura pela selva. Cerca de 20 militares participaram com o principal objetivo de patrulhamento da região. A equipe, saindo de Manaus, passou por São Gabriel da Cachoeira (AM), depois pelo 5º Pelotão Especial de Fronteira, em Maturacá (AM). A jornada envolveu deslocamentos de barco e caminhadas por trilhas terrestres desafiadoras até alcançar o Pico da Neblina.

Onde e Quando Assistir

Para quem está ansioso para conferir essa aventura, a matéria completa, com duração de 30 minutos, será exibida no Canal “Off” a partir do dia 06/10, às 21h. E para quem perder a primeira exibição, não se preocupe! Haverá reprises em diversos horários, garantindo que todos possam se maravilhar com essa jornada pela Amazônia. Além disso, a reportagem também estará disponível para streaming no Globoplay e no canal oficial do Off no YouTube.

Conexão com a Natureza e Missão Nacional

article 2

Ações como essa reforçam a importância da preservação da Floresta Amazônica e destacam o papel fundamental dos militares na proteção e patrulhamento de regiões estratégicas do Brasil. Através da lente de Karina Oliani, o público poderá sentir um pouco da emoção e dos desafios enfrentados por aqueles que se aventuram e trabalham em um dos ambientes mais majestosos e desafiadores do planeta.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).