A Escola Superior de Guerra (ESG) consolidou-se como um polo de discussão estratégica ao sediar, ontem, a 11ª Reunião Ordinária da Comissão Estadual de Desenvolvimento da Economia do Mar (CEDEMAR). Este encontro, que reuniu cerca de 80 participantes, entre civis e militares de diversos órgãos ligados à economia do mar, simboliza um passo significativo na consolidação de esforços conjuntos para o desenvolvimento sustentável da economia marítima no Estado do Rio de Janeiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A importância da sinergia entre setores

O deputado federal Hugo Leal, presidente da Comissão, enfatizou em seu discurso a importância dos encontros e das contribuições dos grupos de trabalho para a implementação de políticas públicas eficazes. Agradecendo especialmente à ESG e ao seu comandante, Vice-Almirante Marcelo Menezes Cardoso, pela hospitalidade e suporte, o deputado destacou a relevância da parceria para o avanço das discussões e ações práticas voltadas para a economia do mar.

Uma parceria estratégica para o futuro

A realização da reunião na ESG, pela terceira vez, é fruto de uma Carta de Intenções assinada com a Secretaria de Estado de Energia e Economia do Mar do Estado do Rio de Janeiro (SEENEMAR-RJ). Esta parceria visa promover atividades de ensino e pesquisa focadas no desenvolvimento marítimo, estabelecendo mecanismos de cooperação alinhados ao Decreto 48.677, que orienta a política pública para o fomento da economia do mar no estado.

Eventos e iniciativas em prol da economia do mar

Dentre as atividades previstas para este ano, destacam-se o “I Simpósio da Guanabara Azul & Economia do Mar” e a 2ª edição do “Tributo à Guanabara Azul”, além do desenvolvimento de estudos e atividades na ESG relacionadas à energia e economia do mar. A iniciativa também inclui o incentivo à participação de representantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da SEENEMAR em cursos relevantes oferecidos pela Escola, como o Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia e o Curso de Gestão de Recursos de Defesa.

Conclusão: um horizonte promissor para a economia do mar

A 11ª Reunião Ordinária da CEDEMAR na ESG marca um momento de união de esforços e visões para o fortalecimento da economia do mar no Rio de Janeiro. Através da colaboração entre instituições militares, civis e acadêmicas, abre-se um horizonte promissor para o desenvolvimento sustentável e estratégico do setor marítimo fluminense, reforçando o papel vital da economia do mar para o progresso do estado e do país.