blank

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 30 de junho, a Escola de Instrução Especializada (EsIE) realizou a aula inaugural para o Curso de Perícia e Investigação Criminal Militar para oficiais.

A atividade teve início com as palavras de boas-vindas do Comandante da Escola, Coronel Vicente de Paulo Souza da Silva Santos, na sequência foi realizada uma alocução pelo instrutor do curso, Subtenente Peterson Sepúlveda Lopes, oportunidade na qual foram destacadas as peculiaridades e a importância da busca permanente pelo conhecimento na área.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A palestra para os alunos do curso ficou a cargo do Chefe de Polícia da 1ª Divisão de Exército, Coronel Márcio Renato Alves Barbosa. Participaram ainda do evento como convidados o Chefe do Centro de Criminalística da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Tenente Coronel Leandro Augusto Rasteiro; o Diretor de Pesquisas, Perícias e Testes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, Tenente Coronel Marcelo Tadeu Barros da Fonseca, e o Chefe da Seção de Criminalística da EsIE, Capitão Gabriel de Almeida Bandeira Araújo.

O Corpo Discente do curso é composto por 9 oficiais, sendo 8 do Exército Brasileiro e 1 da Força Aérea Brasileira. O curso tem duração de 40 semanas, sendo 20 na modalidade de Ensino a Distância (EAD) e outras 20 na modalidade de ensino presencial.

O curso tem por finalidade habilitar os oficiais a ocupar o cargo de Comandante do Pelotão de Investigações Criminais (PIC) dos Batalhões de Polícia do Exército (BPE), capacitando-os a assessorar os Comandantes de BPE na elucidação de ilícitos no âmbito do Comando Militar de Área, elucidar crimes envolvendo militares em atividades de guerra e em tempos de paz, produzir provas técnicas para a Justiça Militar, e assessorar, como investigador criminal, os encarregados de Inquérito Policial Militar, quando solicitado.

Fonte: Escola de Instrução Especializada