blank

Resende (RJ) – É bom estar entre amigos. Na semana em que se comemorou o Dia do Amigo, a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) reuniu velhos camaradas de farda, eternizados e fortalecidos no espírito de corpo e na camaradagem em um encontro histórico, da Turma Olavo Bilac (1980).

Um dia Cadetes, sempre Cadetes, eles retornaram à AMAN no sábado, dia 23 de julho, para celebrar mais um aniversário. A recepção aos veteranos e muitos ainda na ativa, contou com a presença de mais de 200 pessoas, entre os militares e seus convidados.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Dentre as autoridades, o Comandante da AMAN, General de Brigada João Felipe Dias Alves recepcionou as autoridades: o Ministro de Estado da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; o Comandante do Exército, General de Exército Marco Antônio Freire Gomes; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, General de Exército Laerte de Souza Santos; o Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, General de Exército Flávio Marcus Lancia Barbosa; o Antigo Chefe do Estado-Maior do Exército, General de Exército Marcos Antônio Amaro dos Santos; o Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército, General de Divisão José Ricardo Vendramin Nunes; o Diretor de Educação Superior Militar General de Divisão Ricardo Piai Carmona; General de Divisão Engenheiro Militar Bráulio de Paula Machado; General de Divisão Engenheiro Militar Macedo Eschiletti Caldas Rodrigues; General de Divisão Márcio Roland Heise, dentre Coronéis PTTC e da reserva. O Comandante da AMAN, General Felipe demonstrou honra e alegria em receber os presentes na instituição.

Em seguida, todos se dirigiram ao Teatro General Leônidas, onde o General Freire Gomes usou a palavra e salientou que o encontro é uma oportunidade e sinônimo de honra e gratidão, pois são valores aprendidos aqui e que nunca são esquecidos pelos eternos Cadetes. São irmãos por escolha que se conheceram desde a chegada na Escola Preparatória de Campinas-SP.

Na sequência, General Felipe, ressaltou a importância do encontro e as atualizações sobre a Academia Militar aos eternos Cadetes, dentre eles, o ingresso das mulheres na Linha de Ensino Bélico.

Logo após, o Capelão Militar Padre Lucas deu a bênção aos presentes, adiante solicitou um minuto de silêncio em homenagem aos integrantes da turma já falecidos.

O General Paulo Sergio foi o orador da Turma e destacou ser um momento muito especial conseguir reunir boa parte dessa turma histórica.

Dando continuidade à solenidade, os presentes assistiram a um vídeo dos tempos de formação, cantaram a canção da Academia, apresentada pela Banda de Música do Batalhão Agulhas Negras, e se deslocaram para o Pátio de Formatura dos Cadetes, Marechal Mascarenhas de Moraes, para a inauguração da placa da turma. No caminho, muitos abraços, sorriso e satisfação pelo reencontro. Coube ao General Amaro, fazer a leitura de um discurso. “Mais importante que registrar numa placa de bronze nosso encontro, esse momento tem o objetivo de valorizar a trajetória e o legado de homens abnegados”.

Em seguida, todos marcharam no Pátio de Formatura dos Cadetes, Marechal Mascarenhas de Moraes para uma confraternização.

Mais um Encontro de Turma realizado com êxito e com a certeza de que essa Academia Militar reserva e cativa valores caros de irmandade. Os próximos Encontros de Turma estão previstos para os meses de setembro e dezembro.

Fonte: Academia Militar das Agulhas Negras