blank

Google News

O Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros, recebeu, no dia 09/06, representantes da Associação Desportiva Classista Embraer (ADC Embraer): o Diretor de Comunicação, Marketing e Projetos Incentivados, Charles Anderson Custódio e a Assessora da Presidência, Suseli Graham Bell. O encontro teve o objetivo de pontuar ações sociais solidárias realizadas pela ADC Embraer em parceria com o DCTA, como o evento Portões Abertos e o Concerto Sinfônico em comemoração ao Dia do Aviador em 2021.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

“Foi um prazer recebê-los aqui no DCTA. Com certeza, esse encontro fortalece o vínculo institucional e solidifica a relação que já existe entre nossas Instituições”, ressaltou o Tenente-Brigadeiro Medeiros.

A ADC Embraer conta com um clube campestre em seu acervo, sendo quatro salões de festas, cinco quadras poliesportivas, academias, escolinhas esportivas; além de diversas atividades que são disponibilizadas aos associados, para crianças e adolescentes. Durante o ano, ainda são realizados eventos e shows de bandas nacionais para o público de São José dos Campos (SP).

“A intenção da ADC Embraer é estreitar ainda mais o relacionamento com o DCTA, por meio da realização de ações sociais e do convite para que o efetivo militar e civil conheça a Instituição, a fim de serem nossos associados”, declarou Suseli.

Programa Portões Abertos

O Programa Portões Abertos é um evento que busca a integração da Força Aérea com a comunidade local e regional para incentivar a mentalidade aeronáutica e despertar a consciência cívica para o papel da FAB, em prol da segurança e do desenvolvimento do País. O evento conta com exposição de aeronaves, brinquedos para crianças, praça de alimentação e apresentação com cães, entre outras atrações.

Associação Desportiva Classista Embraer (ADC EMBRAER)

Em 1970, um grupo de pioneiros da Embraer definiu que os funcionários da empresa e seus familiares mereciam e podiam ter uma associação que integrasse esporte, cultura e lazer. Nesse início, a Embraer não contava com grande número de funcionários que têm hoje e a pouca verba, na época, dificultava a realização dos grandes projetos.

O apoio da empresa e dos associados, sempre dispostos a contribuir, fortalecia cada vez mais a entidade classista e permitia que ela evoluísse.

Hoje, já consolidada como entidade classista, oferece a um grande número de associados e familiares muitas opções de esporte, lazer e cultura. Aquele começo, com um pequeno grupo de amigos, em agosto de 1970, se torna ainda mais marcante, diante da grandiosidade alcançada.

Fotos: Servidor Heglas / DCTA