No dia 4 de dezembro, ocorreu, na Base Miguel de Cervantes (UNP 7-2), sede do Comando da Brigada Multinacional do Setor Leste na Missão Interina das Nações Unidas no Líbano (SECEAST/UNIFIL), a cerimônia de passagem de comando (Transfer of Authority) entre as brigadas espanholas de Infantaria Aragón I e Canárias XVI. A brigada assumiu a denominação de Brigada Líbano XXXVI (BRILIB XXXVI).

Os militares brasileiros (4 oficiais e 3 praças), inseridos nessa brigada nas seções de operações, inteligência, logística, comunicações e assuntos civis e de protocolo, após cumprirem uma quarentena de 14 dias, assumiram suas funções e receberam as orientações dos militares brasileiros do contingente anterior. Desde o ano de 2014, militares brasileiros atuam junto ao estado-maior das brigadas espanholas no Sul do Líbano na missão da UNIFIL.

A BRILIB XXXVI é responsável pelo setor leste do desdobramento terrestre da ONU no país e tem por missão precípua vigiar a cessação das hostilidades e o respeito à Blue Line (linha limítrofe na fronteira entre o Líbano e Israel), além de apoiar o governo libanês na restauração de sua autoridade na área sul do Líbano.

Fonte: SECEAST/UNIFIL

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui