O Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN) realizou, no dia 11 de novembro, uma cerimônia significativa em homenagem ao Armistício da Primeira Guerra Mundial. Esta data histórica marca o fim das hostilidades de um dos conflitos mais devastadores da história moderna, que terminou oficialmente em 11 de novembro de 1918.

Leitura da Ordem do Dia e Homenagem ao Almirante Frontin

Durante a cerimônia, houve a leitura da Ordem do Dia do Comandante de Operações Navais, destacando a importância da data. Um momento solene foi a aposição floral no busto do Almirante Pedro Max Fernando de Frontin, localizado no pátio do Com2ºDN, em homenagem aos que perderam suas vidas na guerra.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Recordação do Impacto Histórico da Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, que ocorreu de 1914 a 1918, é lembrada por ser o primeiro conflito armado de escala global, resultando na perda trágica de cerca de nove milhões de vidas, tanto civis quanto militares. A cerimônia no Com2ºDN serviu como um momento de reflexão sobre as consequências devastadoras da guerra e a importância da manutenção da paz.

O Papel do Contra-Almirante Pedro Max Fernando de Frontin

A cerimônia também destacou o papel crucial do Contra-Almirante Pedro Max Fernando de Frontin, que liderou a Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG), patrulhando um trecho importante do Atlântico entre Dacar, Cabo Verde e Gibraltar. Sua liderança e bravura são exemplos do compromisso e sacrifício dos militares brasileiros naquela época.

Honrando a Memória e o Sacrifício

A cerimônia realizada pelo Com2ºDN não é apenas uma homenagem àqueles que perderam suas vidas na Primeira Guerra Mundial, mas também um lembrete da necessidade contínua de buscar a paz e evitar os horrores da guerra. Ela ressalta o papel significativo dos militares na história e na preservação da segurança global.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).