Nesta segunda-feira (28/03) aconteceu, no Centro de Operações Espaciais (COPE), a cerimônia militar de transmissão do cargo de Comandante do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) do Tenente-Brigadeiro do Ar Sérgio Roberto de Almeida ao Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues. A solenidade foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A cerimônia reuniu, ainda, o ex-Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato; o Ministro do Superior Tribunal Militar, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; Oficiais-Generais do Alto-Comando da Aeronáutica de ontem e de hoje; Presidente da Telebrás, Jarbas José Valente; além de Oficiais-Generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, bem como Comandantes, Diretores e Chefes das Organizações Militares.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Baptista Junior, agradeceu ao Tenente-Brigadeiro Almeida pela dedicação à frente do COMAE. “Você provou, meu caro Almeida, estar preparado para liderar simultaneamente dois órgãos de extrema importância para a FAB, o Comando de Preparo e o Comando de Operações Aeroespaciais. Dentre tantas realizações neste período, ressalto todas as interceptações ocorridas em aeronaves ilícitas ao longo de toda nossa fronteira, assegurando o exercício da soberania do nosso espaço aéreo contra todas as formas de ameaça. Sua atuação, conduzindo as Operações Ostium, Verde Brasil, Ágata e Sumaúma, deu exemplo do trabalho sinérgico em conjunto com outros órgãos governamentais em benefício do País”.

Ao novo Comandante do COMAE, o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior desejou sucesso na nova missão. “As batalhas a serem travadas daqui para frente o exigirão muito, a exemplo do fortalecimento da área espacial que ao longo dos últimos anos vem se desenvolvendo por meio do Centro de Operações Espaciais. Suas virtudes, com a equipe do COMAE, irão coroar de sucesso as ações que couberem implementar em proveito de toda Força Aérea e para o bem do nosso País”, completa.

Ao despedir-se do COMAE, o Tenente-Brigadeiro Almeida destacou a emoção e o orgulho por ter assumido a função em sua carreira na FAB. “Agradeço mais uma vez pela confiança que depositou em mim e asseguro que pode continuar contando com minha completa lealdade e dedicação na missão que me for designada. Finalmente, nesse momento, digo adeus ao COMAE, unidade que deixa marcas profundas no meu coração, uma paixão arrebatadora que exprime exatamente o motivo que entrei na Força Aérea há 43 anos”, ressalta.

Para o Tenente-Brigadeiro Heraldo, que atuava como Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa (MD), esta é mais uma missão especial que assume em sua carreira. “Empregarei todo o conhecimento que tenho deste quando ingressei na Força Aérea e comecei a voar as aeronaves de combate e de caça, e de alguma forma acrescentar algo a esse Grande Comando para melhor executar as missões da Força Aérea Brasileira”, finaliza.

COMAE

O Comando de Operações Aeroespaciais foi ativado com a missão de empregar o poder aeroespacial, garantir a soberania do espaço aéreo e integração do território nacional. O COMAE, que neste ano completou seus 42 anos de atuação, é responsável por coordenar, planejar, executar e controlar as operações aeroespaciais.

Confira aqui o vídeo da matéria.

Fotos: Sargento Bianca Viol / CECOMSAER

Vídeo: Civil Lucas Nunes / CECOMSAER

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).