Com 103 Anos, Faleceu Eleanor Wadsworth, Uma Das Últimas Mulheres Piloto Da 2ª Guerra Mundial

blank

Google News

Por Juliana Hembecker Hubert

No domingo, dia 10/01/2021, faleceu com 103 anos, em Bury St Edmunds, Suffolk, Eleanor Wadsworth, ela foi uma das 166 mulheres Spitfire, que voou de fábricas para campos de aviação como parte do esforço de guerra aliado.

Nascida em Nottingham em 15 de outubro de 1917, ela se tornou assistente de arquitetura para a construção de instalações para os novos Ferry Pools do ATA em 1941.

O ATA precisava de mais pilotos e estava recrutando candidatos não treinados e Eleanor juntou-se à ATA em 1943 depois de ver um anúncio de pilotos do sexo feminino e foi uma das seis primeiras candidatas a serem aceitas sem nenhuma ou pouca experiência anterior de voo. Em junho de 1943, ela começou seu treinamento de vôo em Miles Magisters na ATA Initial Flying Training School em Thame.

Em setembro de 1943, Eleanor operou como parte do No.5 Ferry Pool, aprendendo a planejar rotas, verificando o clima, traçando cursos seguros e garantindo que a rota evitasse balões de barragem.

Em fevereiro de 1944, Eleanor se converteu no T6 Harvard norte-americano, o que lhe permitiu progredir para voar e entregar caças evoou seu primeiro Hurricane em 2 de março de 1944.

Em 18 de maio de 1944, Eleanor voou em um Seafire- a versão naval do Spitfire – de Hamble a Henstridge, onde o Fleet Air Arm estava realizando o treinamento de pouso no convés.

No dia seguinte, ela transportou Spitfire de Brize Norton para Lee em Solent, seguido por mais dois Spitfire Mk.Vs dois dias depois, e no dia seguinte fez seu primeiro vôo nos Spitfires Mk.IX.

Eleanor pilotou 22 tipos de aeronaves, incluindo Spitfires, Mustangs, Swordfish e Hawker Hurricanes com o Auxiliar de Transporte Aéreo, e  alguns meses antes de morrer, ela disse que o Spitfire era seu favorito, o qual voou 130 vezes.

Wadsworth pilotou seu último avião em 21 de setembro de 1945 e nunca mais pilotou nenhuma aeronave.

Quando o ATA foi encerrado, em novembro de 1945, 309.000 aeronaves de 147 tipos haviam sido transportadas por 1.245 homens e mulheres que vieram de 25 países diferentes.

Depois da guerra, ela se casou com Bernard, um engenheiro de vôo da ATA e tiveram dois filhos, George e Robert.

Fontes: BBC, thesun, dailymail, suffolknews e Zheit

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui