No período de 27 de março a 2 de abril, o Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEX), General de Exército André Luís Novaes Miranda, esteve em visita oficial em Leavenworth/KS, a Washington/DC, West Point/NY eNova Iorque/NY, nos Estados Unidos da América.

O General Novaes iniciou a viagem oficial no Combined Arms Center (CAC) e foi recebido pelo Comandante do CAC, Lieutenant General (LTG) Theodore Martin. Visitou o Command and General Staff College (similar a ECEME), o Center for the Army Profession and Leadership (CAPL) e o Mission Command Center of Excellence (MCCoE), situados no Fort Leavenworth/KS.

Em Washington/DC, o Chefe do DECEX, acompanhado do Adido do Exército nos EUA, General de Brigada Ulisses de Mesquita Gomes, foi recebido em audiência pelo Embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Forster. O General Novaes visitou o Colégio Interamericano de Defesa (CID), onde foi recebido pelo Diretor do Colégio, o Major General James Taylor, e proferiu uma palestra aos alunos da classe 61 e foi homenageado com o título “Gallery of Honor of the Inter-American Defense College”.  Visitou o Instituto William J. Perry Center e reuniu-se com o Diretor do Instituto, LTG Frederick Rudesheim, para verificar a possibilidade de criar no futuro um intercâmbio acadêmico com o instituto. Conheceu o Museu Nacional dos Marines, em Washington/DC, uma referência nas Forças Armadas americanas de culto às tradições e valores militares e de homenagem àqueles que serviram à Pátria.

Em West Point/NY, o Chefe do DECEX visitou a U.S. Military Academic (similar a AMAN), sendo recebido pelo Comandante da Academia, LTG Darryl Willians e realizou visita ao West Point Leadership Center para conhecer o sistema de liderança da Academia.

Na embaixada do Brasil junto à ONU, em New York/NY, esteve em uma audiência com o Embaixador do Brasil junto à ONU, Ronaldo Costa. Em seguida, o Conselheiro Militar da Missão Permanente do Brasil junto à ONU, Tenente-Brigadeiro Luiz Fernando de Aguiar, ministrou uma palestra sobre a participação das Forças Armadas brasileiras na ONU.

Fonte: AdiBRUS

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui