Paramaribo (Suriname) – No mês de junho de 2022, as assessorias Militar e Desportiva do Exército Brasileiro nas Forças Armadas do Suriname encerraram os cursos de Português/Módulo 2 e de Treinamento Físico Militar para os cadetes da Academia Militar do Suriname.

O Curso de Português teve por objetivo desenvolver a fala, audição, escrita e leitura do idioma português com a introdução de termos e expressões utilizadas nas Forças Armadas. O curso de Treinamento Físico Militar teve o objetivo de promover a importância do treinamento físico e desenvolver valores militares como coragem, liderança e resistência.

A Assessoria Desportiva foi instalada no Suriname no ano de 2010, enquanto a Assessoria Militar foi instalada no ano de 2011. Por mais de 10 anos, ambas têm contribuído com o sistema de educação das Forças Armadas do Suriname. Segundo a Comandante da Academia Militar do Suriname, Major Irish Loraine Sanches, as atividades concluídas no mês de junho foram de grande importância para a formação dos novos oficiais surinameses, particularmente o idioma português. “Além de permitir uma interoperabilidade entre as Forças Armadas do Suriname e do Brasil, habilita os militares a se comunicarem com os imigrantes brasileiros que vivem no Suriname, facilitando suas operações em apoio a órgãos governamentais”, disse a Major Sanches.

Presenças

A solenidade de encerramento contou com a presença do Comandante do Instituto de Educação de Defesa, Coronel Justus Hew a Kee, do Adido de Defesa, Naval e do Exército na República do Suriname, Tenente-Coronel Francisco Eduardo Fernandes Henn, da Comandante da Academia Militar do Suriname, Major Irish Loraine Sanches, do Assessor Militar, Capitão Elvis Eduardo Bispo, do Assessor Desportivo, Capitão Gabriel Franco da Mata Manna, e dos assessores substitutos para o período 2022/2023, os Capitães Rodrigo Oliveira Figueira e Guilherme Godoy Ribeiro da Silva.

Fonte: Aditância de Defesa, Naval e do Exército no Suriname

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui