A participação feminina nas Forças Armadas tem se destacado cada vez mais, principalmente com o aumento de mulheres ocupando diferentes cargos e funções nas operações da Força Aérea Brasileira (FAB). Na Operação Yanomami, as mulheres têm desempenhado um papel fundamental, atuando em diversas funções e especialidades, como aviadoras, controladoras de voo, musicistas, mecânicas, fotógrafas, médicas, enfermeiras, dentistas, nutricionistas e jornalistas, entre outras atribuições.

A Operação Yanomami é uma missão realizada pela FAB em parceria com a Operação Acolhida, que visa prestar assistência médica e humanitária à população indígena Yanomami, na região de Boa Vista, Roraima. Além do atendimento à população indígena, a FAB montou o Hospital de Campanha (HCAMP) para prestar assistência médica emergencial aos pacientes com doenças graves, como malária e pneumonia.

i233310091009173

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A Comandante do HCAMP, Major Médica Juliana Freire Vandesteen, destaca a importância de atender às necessidades prioritárias das crianças, separando pediatras e uma ginecologista para atender as grávidas, aproveitando a estrutura já montada pela Operação Acolhida.

A experiência de atuar na Operação Yanomami tem sido marcante para as militares, como a Capitão Médica Pediatra Juliana Mattos do Amaral Tavares, que destaca a comovente situação de lidar com doenças graves, como a malária e a pneumonia. A Tenente Médica Ginecologista Larissa Cardoso Alvim Lima, por sua vez, enfatiza a troca cultural que a experiência proporcionou, aprendendo sobre a cultura indígena, suas necessidades na assistência à saúde e as particularidades de cada etnia.

i233310091301838

A Tenente Aviadora Laura Cabral Cruz Lopes da Silveira, que pilota o helicóptero H-60L Black Hawk na Operação Yanomami, relata a satisfação em ajudar a população indígena e crescer como cidadã e como militar, trabalhando em áreas de risco e limites operacionais.

A Sargento Enfermeira Letícia Costa, encarregada do HCAMP, atuou no planejamento logístico, administração e doutrina dos graduados na missão e também prestou atendimento na Aldeia Kululu, na região. Ela expressa seu orgulho em poder exercer sua profissão e ajudar quem mais precisa.

Atualmente, a FAB conta com 14.206 mulheres militares, ocupando diversos cargos e funções nas operações. A seleção para ingresso na Força Aérea é periódica e inclui profissionais do sexo feminino de diversas áreas. O aumento da participação feminina nas Forças Armadas é um reflexo da busca pela igualdade de gênero e da promoção da diversidade nas instituições militares.

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).