Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso Soluções para o Orçamento de Defesa, o qual concorrem monografias, dissertações e teses sobre esse tema. Promovido pelo Ministério da Defesa e pela Escola Superior de Guerra, o concurso é o primeiro voltado especificamente para área orçamentária. A inscrição é gratuita e poderá ser feita até 4 de julho, com a entrega do trabalho e de documentos disponíveis no edital no protocolo geral do Ministério da Defesa.

O certame premiará trabalhos acadêmicos apresentados como trabalhos de conclusão de cursos de graduação ou pós-graduação, stricto ou latu sensu, defendidas após janeiro de 2018. Também podem participar propostas e soluções técnicas não defendidas, desde que tenham estrutura similar a uma monografia, ou ao menos os tópicos estabelecidos em item específico do edital.

Internet.png

Os candidatos devem ter nível superior completo em qualquer área de formação para participar do processo seletivo e deverão apresentar plano de aplicação prática do projeto, considerando a execução técnica e a viabilidade orçamentária. Os três primeiros colocados terão o trabalho publicado e receberão o valor de R$10 mil, R$ 6 mil e R$ 4 mil, respectivamente.

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui