Imagem: Ministério da Defesa

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (26) o envio de tropas federais para atuar no segundo turno das eleições municipais em Manaus e Fortaleza, bem como no município cearense de Caucaia. O pleito está marcado para o próximo domingo (29).

O emprego do efetivo federal foi pedido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de cada estado, que alega aumento no número de crimes violentos e a presença de facções criminosas nas proximidades de seções de votação. Os governos do Ceará e do Amazonas deram anuência.

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, ressaltou a preocupação de toda a Justiça Eleitoral com o aumento dos crimes violentos com motivação política no atual ciclo eleitoral. “É muito preocupante”, afirmou o ministro.

Fonte: Agência Brasil

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui