Google News

Após uma certa resistência do Banco Central, o Pagamentos no WhatsApp aterrissou no Brasil no começo do mês passado. O problema? A maioria dos usuários não está muito confiante ou mesmo adepto ao novo recurso.

Um estudo realizado pela Akamai (empresa de ciberproteção e experiência digital) revelou que aproximadamente 60,36% dos usuários não consideram o Pagamentos no WhatsApp seguro.

Os dados, com base nas informações de 1.100 entrevistados, revelaram ainda que 34,18% das pessoas usariam o Pagamentos no WhatsApp; outros 5,45% não utilizariam por não possuir um cartão de débito — o serviço ainda não aceita cartão de crédito.

A pesquisa também apontou que o número de pessoas as quais utilizam o WhatsApp para acessar informações das suas contas bancárias aumentou 43,7% em 2020 comparado ao ano anterior, uma situação que pode contribuir para o aumento do número de golpes aplicados pelo mensageiro.

Segundo o WhatsApp, as transferências realizadas pelo app são seguras e não possuem interferência da empresa, com os pagamentos sendo processados pelo Facebook Pay e pela Cielo no Brasil.

Em nota, o Banco Central declarou que o Pagamentos no WhatsApp poderá “abrir novas perspectivas de redução de gastos para usuários de serviços de pagamentos móveis”.

Fonte: MacMagazine

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui