Uma feijoada marcou a reinauguração do rancho

Em 7 de junho, o Comando do 1º Distrito Naval (Com1ºDN) deu início a uma nova etapa, retomando as operações do rancho de sua sede após significativas obras estruturais. Estas melhorias visam aprimorar as condições de conforto e a qualidade do ambiente de trabalho para as tripulações das 35 organizações militares que são atendidas por esse serviço.

A reinauguração contou com a presença de figuras importantes, como o Secretário Geral da Marinha, o Comandante do 1º Distrito Naval, o Diretor de Gestão Orçamentária da Marinha e o Subchefe de Operações do Comando de Operações Navais, entre outros militares.

Melhorias e Inovações

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

download 5
Comandante do 1 Distrito cumprimenta a tripulação pelo evento

A ocasião marcou a retomada das atividades de armazenagem, manipulação e preparo de gêneros alimentícios. Este novo começo foi possível graças a um período de obras na cozinha e nos paióis, que agora contam com equipamentos, máquinas e utensílios renovados.

Com a reestruturação, o rancho do Com1ºDN agora opera de maneira mais segura, eficiente, econômica e ecológica. A capacidade de produção foi ampliada para 5.200 refeições diárias, garantindo a alimentação de todas as tripulações.

Mobilização e Logística

Além das melhorias já mencionadas, é importante destacar o avanço no componente logístico. Em períodos de mobilização, o Rancho do Com1ºDN está preparado para suprir refeições quentes para até 8.000 comensais, um incremento significativo que reforça o compromisso da Marinha Brasileira com o bem-estar de seu pessoal e a eficiência de suas operações.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).