Google News

Um novo radar meteorológico que gera informações precisas sobre eventos que podem causar desastres foi inaugurado nesta quinta-feira (1°), em São José dos Campos (SP). O Radar RMT 200 está instalado na futura sede do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), unidade de pesquisa subordinada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

As informações do radar, agregadas a informações de pluviômetros, estações hidrológicas e sensores geotécnicos, além de outros instrumentos instalados em áreas de risco, auxiliarão no monitoramento das regiões do Vale do Paraíba, Litoral Norte, regiões metropolitanas de São Paulo e de Campinas e algumas cidades do sul fluminense e mineiro.

Com área de cobertura de 400 quilômetros de raio, as informações geradas pelo radar, combinadas a outras fontes de dados, permitirão que o Cemaden aumente a capacidade de prevenção de desastres e emita alertas antecipados para os municípios.

“Existem mudanças climáticas acontecendo no planeta e precisamos combatê-las, tanto não sua essência, em termos de liberação de carbono etc., mas também seus efeitos. Mais e mais temos efeitos climáticos que são mais sérios, mais complicados, que se não forem tomados os cuidados devidos, vão levar mais vidas”, afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes.

O radar meteorológico foi desenvolvido pela empresa IACIT Soluções Tecnológicas S.A, em parceria com o Cemaden. “Desenvolver um radar não é fácil. Isso ficava restrito apenas aos países ditos desenvolvidos. Nós temos essa capacidade no Brasil”, ressaltou o ministro.

O radar

O RMT 0200 é um radar meteorológico “banda S” de dupla polarização em estado sólido. Ele consegue fornecer, por exemplo, dados sobre a formação de nuvens densas que crescem rapidamente e provocam tempestades volumosas e monitora o tamanho das gotas de água e dos cristais de granizo existentes nessas nuvens. Com essas informações, é possível prever o volume, a localização e o momento em que ocorrerá a precipitação.

Cemaden

A cerimônia também marcou a comemoração dos 10 anos do Cemaden. Na ocasião, foi inaugurada a nova sala de situação e o auditório da instituição. O centro tem a missão de desenvolver e disseminar conhecimentos científico-tecnológicos e fazer o monitoramento e a emissão de alertas de desastres geo-hidrológicos.

Fonte: Gov.br

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui