Brasília (DF) – O General de Divisão Otávio Rodrigues de Miranda Filho, do Exército Brasileiro, foi escolhido pelo Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para ser o novo Comandante Militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas na República Democrática do Congo, a MONUSCO, em substituição ao General de Divisão Marcos de Sá Affonso da Costa.

article 20

Com mais de 40 anos de serviço, o General Miranda Filho, que ocupava o cargo de Comandante da 8ª Região Militar, já havia integrado uma missão de paz da ONU (a UNMIS, no Sudão do Sul), como observador militar e integrante do estado-maior do Force Commander daquela missão.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

 

Ao assumir a função, em março de 2023, o novo Force Commander contará com um efetivo aproximado de 15 mil militares, de cerca de 50 países contribuintes de tropas da ONU. Os principais objetivos da MONUSCO são a proteção de civis, a facilitação da ajuda humanitária e o desarmamento de combatentes desmobilizados e, neste ano de 2023, o apoio à realização das eleições em dezembro.

article 22

Desde abril de 2013, é a quinta vez que a MONUSCO conta com um comandante brasileiro, o que é uma honra para o Brasil, dada a relevância e o destaque internacional da função.

 

A República Democrática do Congo (RDC), localizada na região central do continente africano, possui sérios problemas sociais e diversos conflitos armados. Apesar de ser um dos maiores países do mundo em extensão territorial e de possuir muitas riquezas naturais, seu índice de desenvolvimento humano é muito baixo, enquanto o de mortalidade infantil é muito alto.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).