Google News

A Colômbia é um dos países que possui minas explosivas no solo, oriundas de conflitos ao longo da história, e que, até hoje, causam vítimas. Para colaborar com o país na retirada desses artefatos, oficiais brasileiros do Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO) certificaram quatro militares colombianos em desminagem humanitária.

A cerimônia ocorreu na quarta-feira (30), em Bogotá, capital do país. O evento marcou a finalização de sete semanas de instruções práticas e teóricas, baseadas em exigências estabelecidas pela Organização dos Estados Americanos (OEA). Os instrutores foram os engenheiros Major Cláudio Santos Bispo, do Exército, e Capitão-Tenente (FN) Gustavo Lopes da Silva Freitas, da Marinha.

“Os novos monitores poderão fiscalizar, assessorar e garantir o controle de qualidade em todas as etapas de uma operação de desminagem, a ser executada para a remoção de minas e artefatos explosivos ainda existentes em alguns municípios do país”, ressaltou o Major Bispo.

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui