Para reforçar técnicas de defesa pessoal, imobilização e policiamento em embarcações, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) capacitou 43 profissionais de segurança pública que atuam no Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA).

O grupo participou da 7ª edição do Curso de Unidades Especializadas de Fronteiras (CUEF), realizado por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) e da Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen). As aulas aconteceram em Chapecó (SC) e tiveram uma carga horária de 96 horas.

Ministério da Justiça e Segurança Pública capacita policiais de cinco estados para reforçar atuação nas fronteiras.PNG

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Entre as disciplinas da capacitação estavam procedimentos frente a ocorrências fronteiriças, identificação veicular e principais fraudes associadas, atendimento pré-hospitalar tático, tiro policial e táticas para confrontos armados, técnicas de abordagem policial, técnicas de patrulha e comunicações policiais, policiamento em embarcações, natação utilitária, técnicas de imobilização e condução, princípios de sobrevivência e georreferenciamento aplicado à segurança pública.

Participaram do curso policiais militares e civis de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Roraima e Mato Grosso do Sul que atuam na Operação Hórus, em regiões de fronteiras ou divisas.

Balanço

Os cursos de Unidades Especializadas Fronteiriças (CUEF) e os Cursos de Contramedidas já capacitaram 212 policiais do VIGIA dos seguintes estados: Amazonas, Paraná, Mato Grosso do Sul, Acre, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Piauí, Mato Grosso, Minas Gerais, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Bahia, Pernambuco, Distrito Federal e Goiás.

Fonte: MJSP