Operação de Garantia da Lei e da Ordem Verde Brasil sob a Coordenação da 17ª Brigada de Infantaria de Selva e com a participação de Órgãos Estaduais e Federais, para combate a incêndios em vegetação e repressão a delitos ambientais

Por Gilberto Costa – Repórter da Agência Brasil

Os militares do Exército, Marinha e Aeronáutica vão permanecer até 30 de abril do ano que vem nas ações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na Amazônia Legal.

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto autorizando os militares a continuarem com ações de apoio contra crimes e incidentes ambientais em faixas de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental, em outras áreas federais e em outras áreas dos Estados da Amazônia Legal, conforme demanda dos governadores.

A prorrogação já havia sido comentada pelo vice-presidente Hamilton Mourão. Segundo nota da Secretaria Geral da Presidência da República. “Desde maio de 2020, militares atuam na região em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais. As ações ocorrem de forma articulada entre o Ministério da Defesa, do Meio Ambiente, da Justiça e Segurança Pública e do Gabinete de Segurança Institucional.”

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui